Piloto veneciano Daniel Santos é encontrado morto

0
8111

O corpo do piloto veneciano de motocross, Daniel Santos, 36 anos, foi encontrado na noite desta quinta-feira (27). Ele estava desaparecido desde ontem, quarta-feira (26), durante Rally Cerapió 2022 competição que disputava no Nordeste do Brasil, entre os estados do Ceará e do Piauí.

Informações iniciais dão conta de que Daniel estava fora do roteiro da trilha da prova. A causa da morte ainda não foi confirmada e a organização do Rally ainda não se manifestou.

As buscas por Daniel aconteciam na região das cidades de Viçosa do Ceará e Cocal, no Piauí, nas localidades Buíra, Juá dos Vieiras, Padre Vieira e Brejinho, desde a noite de quarta e eram realizadas pela Secretaria de Segurança do Ceará, que logo após ser acionada, juntou às buscas os bombeiros, policiais militares e civis, Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e canil.

O RALLY

O rally, que é a primeira etapa do Campeonato Brasileito de Enduro de Regularidade, começou na última segunda-feira (24), com saída da cidade de Caucaia (CE), e o encerramento, previsto para esta sexta-feira (28), em Barreirinhas (MA), foi cancelado.

No primeiro dia, os pilotos fizeram o trecho de Caucaia até Jijoca de Jericoacoara (CE), um total de 345 quilômetros. Já na terça-feira (25), o percurso foi de Jijoca de Jericoacoara até Ubajara (CE), totalizando 265 quilômetros. Na quarta-feira (26), data em Daniel desapareceu, o trecho percorrido foi entre Ubajara e Luis Correia (PI), de 290 quilômetros.

No último ranking divulgado na última quarta-feira (25), pela organização da prova, Daniel, que corre pela categoria Intermediária, ocupava a 14ª posição. Além dele, o piloto João Galvão, também de Nova Venécia, participa do Rally, e terminou o terceiro dia de prova em 6º, na categoria Over 50. Ambos representam a equipe Elefante Traill Clube.

Última etapa é cancelada

Antes mesmo de localizarem o corpo de Daniel, a organização do Rally Cerapió 2022 decidiu cancelar a última etapa do evento, prevista para nesta sexta-feira (28), entre Parnaíba (PI), e Barreirinhas (MA).

Na nota, a organização dizia que estava deslocando todas as equipes de resgate, desde às 23h da última quarta (26), para os locais das buscas na região de Viçosa, Buira, Juá dos Vieiras, Padre Vieira, Cocal e Brejinho, entre os estados do Ceará e Piauí, locais por onde o evento passou. “Com isso, não há clima entre os competidores, organização, nem condições físicas do time de resgate para dar sequência ao evento”, dizia.

A nota ainda dizia que toda a caravana do Rally Cerapió continuava totalmente dedicada em encontrar Daniel Santos. A procura pelo piloto seguiu durante toda esta quinta, por diversas vezes, através das trilhas oficiais da competição e, também, em áreas fora da prova.

A operação contou com o apoio da Secretaria de Segurança do Estado do Ceará, que enviou bombeiros, policiais militares e civis, Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e canil, além das comunidades locais envolvidas que se solidarizaram com a situação.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*