Pedagoga de Nova Venécia é selecionada para curso em Portugal

0
2832

A Secretaria de Educação de Nova Venécia está comemorando a seleção da pedagoga Luciane Fazolo, que atua na EMEFTI Professora Arlene Geraldo, no edital lançado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), para o curso de aperfeiçoamento “Alfabetização baseada na Ciência (ABC)”, no âmbito do programa Tempo de Aprender, promovido pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), e pelo Instituto Politécnico do Porto (IPP), em Portugal.

Das 100 vagas previstas no edital, apenas duas eram destinadas para cada Unidade da Federação (UF) e a supervisora concorreu, junto a outros profissionais da área de alfabetização, em nível nacional.

A seleção se deu em duas etapas, sendo a análise de técnica a primeira, para comprovação de vários requisitos exigidos, e análise de mérito a segunda, que consistia na pontuação referente à formação continuada na área de alfabetização e aos projetos: Plano de Intervenção Pedagógica e Plano de Formação Continuada, avaliados pela Comissão de consultores instituída pela Capes e pela Secretaria de Alfabetização (Sealf), do Ministério da Educação (MEC), no valor de 200 pontos.

A representante do estado e município alcançou, no processo avaliativo do projeto,  a 1ª posição pela Unidade da Federação, com 186 pontos.

A paixão pelo processo de alfabetização e a busca por novas práticas alfabetizadoras foram as principais motivações que  levaram a participante a se inscrever. “Estou muito feliz com a conquista, pois com esse curso tenho a pretensão de  aprofundar o meu conhecimento em novas técnicas de alfabetização e assim, contribuir com a formação de outros profissionais da área de alfabetização”, disse Luciane.

Segundo ela, foram muitas horas de dedicação e estudos para concluir a proposta exigida. “Hoje celebro esse momento e  compartilho com meus colegas de profissão, em especial ao técnico pedagógico da Seme de Nova Venécia, que me apresentou o edital, me incentivou para que a vitória viesse”, falou.

Representando os professores alfabetizadores de Nova Venécia e do Espírito Santo, em outubro deste ano, a profissional da educação embarca rumo à Portugal, onde permanecerá estudando por seis semanas, com uma carga horária de 240 horas. Todas as despesas  serão custeadas pela Capes.

O prefeito, André Fagundes, e a secretária de Educação, professora Wanessa Zavarese Sechim, comemoraram a conquista da servidora e ressaltaram a importância da busca de conhecimento, salientando que todos saem ganhando nessa trajetória: profissionais e alunos.  “Estamos muito felizes com o resultado alcançado por mais uma profissional da nossa rede, demonstrando que estamos no caminho certo ao incentivar e intensificar a formação continuada para todos os profissionais da educação veneciana. O resultado obtido pela nossa supervisora escolar é parte dos resultados da adesão ao Programa Tempo de Aprender, dentre as quais fomentamos em nossas escolas ações no sentido de aprimorar a formação pedagógica e gerencial de docentes e gestores”, pontuou Wanessa.

“Parabenizo a supervisora escolar pelo 1º lugar no Estado no edital da Capes que selecionou professores para participar do Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores Alfabetizadores em Portugal. Essa é uma conquista significativa e que muito nos alegra, pois temos feito muitos investimentos na formação continuada dos profissionais da nossa educação, e claro, o esforço e dedicação pessoal de cada um tem possibilitado conquistas significativas como essa”, concluiu o prefeito.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*