Mayara Eller é única mulher eleita na Câmara de Nova Venécia

0
1467

Mayara Eller, 30 anos, professora, atleta, árbitra, servidora pública atuando na Secretaria Municipal de Esportes de Nova Venécia há 11 anos, foi a única mulher eleita na Câmara de Vereadores. Somando 508 votos, pelo Partido Republicanos, a veneciana traz um vasto currículo no esporte.

Com curso superior em Licenciatura e Bacharelado em Educação Física, Pós-Graduada em diversas áreas e capacitação, esta é a segunda vez que Mayara disputa eleição, conquistando em 2016, 304 votos.

Engajada no desenvolvimento esportivo, a professora de Educação Física foi coordenadora e professora de projetos esportivos sociais, de ginástica da terceira idade, coordenadora do projeto de futebol categoria de base em competições como Copa A Gazetinha, Copa Guri Estadual e Nacional, e ainda, coordenadora e organizadora de eventos em diversas modalidades esportivas.

Filha de Ilza Maria Moraes Eller e Manuel Castro Minino (Manula) , moradora do bairro Beira Rio, a nova vereadora faz parte da Seleção Brasileira de Futebol e da equipe do Vila Nova no Brasileiro Feminino.

Motivação
“Sou atleta, professora de Educação Física e Árbitra. Encontrei muitas dificuldades em minha caminhada. O esporte por muitas vezes não recebe o apoio necessário, é deixado como última opção. Para participar de muitas competições femininas eu precisava pedir ajuda a família, amigos, vender rifas. Passei muita dificuldade para chegar aonde cheguei, isso me motivou a entrar na política e buscar melhorias, trabalhar em defesa do esporte, do social, da saúde, da educação e em defesa dos direito das mulheres”.

Campanha
“Minha campanha foi feita através de visitas, apoio de muitos amigos que confiam em meu trabalho e pelas redes sociais”.

Eleitor
“Recebi muito apoio de pessoas ligadas ao esporte, muitos jovens, adultos, pais de crianças atletas e pessoas que amam o esporte”.

Bandeira
“A minha bandeira será a do esporte, e através dele, trabalhar em beneficio da educação, da saúde e em defesa da mulher. Acredito que o esporte é uma das ferramentas mais poderosas de inclusão social, ele quebra de barreiras e contribui na melhoria da qualidade de vida da população”.

Decisão
“Nunca almejei entrar na política. A decisão se deu devido a algumas dificuldades já enfrentadas na minha vida, e também por ouvir queixas de muitas pessoas com situações piores ou semelhantes às minhas. Isso me deu coragem e despertou o desejo de colocar meu nome à disposição da sociedade veneciana”.

Apoio
“O apoio veio da família, dos amigos, de pessoas de referência ligadas ao esporte veneciano e de ex -professores”.

Campanha anterior
“Essa é a minha segunda vez como candidata. A primeira vez confesso que não estava tão confiante, e apenas coloquei meu nome à disposição, o que foi muito válido, pois recebi 304 votos. Fiquei muito agradecida e animada. Nesses últimos quatro anos fui amadurecendo a ideia, me preparando, ouvindo as pessoas e seus anseios. Me candidatei e graças a Deus, fui abençoada”.

Metas
“Quero trabalhar em parceria com os meus colegas do legislativo, em prol de uma sociedade veneciana. Propor melhorias para a educação, para a saúde e para o esporte. Trabalhar em prol dos projetos sociais, em defesa dos direitos da mulher, de acordo com a necessidade e demanda da sociedade veneciana”.

Agradecimentos
“Quero agradecer a Deus, à minha família, aos candidatos do Partido Republicanos, meus amigos, aos 508 eleitores pelos votos de confiança a mim depositados, enfim, a todos que contribuíram direta ou indiretamente para que esse sonho fosse realizado. Gratidão e um forte abraço a todos!”

Compartilhar

Deixe uma resposta

*