Cirlei Benincá pode chegar na final do Enchefs Brasil

0
1970

Mostrando a cultura gastronômica veneciana, a chef Cirlei Benincá foi uma das capixabas selecionadas a participar do Enchefs ES, e pode ser uma das finalistas do Enchefs Brasil 2017. Sabe o que isso representa? Cirlei está entre os melhores chefs do Espírito Santo, e pode levar o prêmio de melhor chef do Brasil
Classificada entre as cinco melhores receitas, Cirlei conquistou os jurados no Enchefs ES, com o bolinho péla égua, um petisco que foi escolhido pela banca, junto com pratos principais dos outros concorrentes.
“Fiz uma releitura do original péla égua, e transformei no bolinho, tudo sem perder o sabor. Dei continuidade nos ingredientes e transformei a sopa em um petisco. Ficou criativo e totalmente regional, a receita é minha”, conta Cirlei.
A chef já havia elaborado o bolinho péla égua há dois anos, fazendo parte do menu do restaurante que é proprietária, o Don Benin.
Utilizando a canjiquinha, costela de porco, linguiça, couve, queijo e pimenta biquinho, o prato artesanal fez sucesso entre os cinco jurados, e com certeza agradou o paladar de cada um deles.
O Enchefs ES
O Concurso do Enchefs ES aconteceu no último dia 23, no Steffen Centro de Eventos, em Vitória. Depois de uma seleção entre as receitas enviadas para a organização do Enchefs ES, os selecionados foram convocados e participaram do concurso, que traz como pré-requisito, a produção de pratos regionais.
Os cinco chefs finalistas estiveram no Steffen Centro de Eventos apresentando seus pratos, e agora, concorrem a uma vaga, das três destinadas a representar o Estado, no Prêmio Nacional Dólmã, que acontecerá no mês de novembro, no Ceará. Uma das vagas que irá levar os três selecionados para o Ceará, será disputada por votação na internet. O site para votação ainda não foi disponibilizado e o Enchefs ES não divulgou o número de candidatos que participou da seletiva, para a escolha final dos cinco candidatos.

Tradição familiar
A história da moradora de Nova Venécia Cirlei Benincá na cozinha, começou quando ainda era pequena, em São Gabriel da Palha. Foi lá que ela despertou o interesse por comer bem, afinal, contava com a influência do pai, Agostinho Benincá, dono de bar, apreciador de boas carnes temperadas com ervas, e da mãe, Jassy Thomazini Benincá, uma exímia cozinheira de doces e salgados.
De uma família com descendência italiana, e que amava cozinhar, Cirlei ficava ali acompanhando os pais, desde muito criança. Hoje em dia, a chef traz na bagagem, mais de 30 anos à frente da cozinha do Don Benin, sendo a responsável por todo menu da casa.

Os cinco finalistas e os pratos
– Chef Letícia Leite – Prato: Pargo, Camarão, Urucum e Banana da terra.
– Chef Hamilton Martins Júnior – Prato: Atum ao Imperador.
– Chef Cirlei Benincá – Prato: Bolinho Péla Égua.
– Chef Sidney Gomes Prato: Causa Capixaba.
– Chef Danillo Amaral – Prato: Filé Mignon de sol com talharim de pupunha com creme mobier e crocante de socol.

Resgatando a cultura gastronômica capixaba, concurso foi veiculado pela TV Capixaba, filiada da Bandeirantes. Confira a premiação do concurso através do endereço eletrônico: https://youtu.be/T_lEvo_w2I0

Bolinho péla égua foi criado através da releitura do caldo com canjiquinha

Deixe uma resposta

*