Câncer de próstata pode ter cura em tratamento precoce

0
567
» “Eu sentia dores ao urinar e o médico que me atendia antes, dizia que estava tudo bem, que era só uma infecção de urina. Por fim, eu não conseguia urinar mais, sentia muita dor, foi quando descobriram o que estava acontecendo comigo” Bento Sabadim, 66 anos

Ainda é um tabu para muitos homens e assunto velado, quando o tema é o exame de toque retal. Vencer esse preconceito pode salvar a vida de muita gente. Por isso, como forma de alerta, A Notícia traz hoje uma reportagem que trata sobre o assunto. Confira!


Quando o assunto é cuidar da própria saúde, os homens são mais resistentes do que as mulheres, e o tabu em realizar, principalmente, exames de próstata, é ainda alto. Mas a realidade é: o câncer de próstata existe e mata. É preciso que o sexo masculino entenda a necessidade de se cuidar, e quanto antes, melhor. “O homem precisa ter a consciência da necessidade de fazer avaliação periódica com seu médico”, alerta o membro da Sociedade brasileira de Urologia (MSU) e médico do Hospital São Marcos, Cassiano Furlan Borgo.

Essa espécie de chamada pública ao público masculino para cuidar mais de si é um dos lemas da campanha Novembro Azul, que além de abordar a saúde de forma geral, trata do segundo câncer mais comum entre os homens, o câncer de próstata, que fica atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam para 65.840 novos casos de câncer de próstata a cada ano, entre 2020 e 2022.

Entre os dados, uma boa notícia é que os homens que fazem exames e descobrem a doença precocemente, terão chances de cura muito maiores. “O diagnosticado precoce traz a chance de cura superior a 90%”, explica o urologista.

Existem dois tipos de exames para o rastreamento do câncer de próstata: a dosagem de PSA (exame sanguíneo) e o toque retal. O ideal é que ambos sejam realizados, pois, sua combinação permite o diagnóstico precoce em 80% dos casos. “O PSA não substitui o exame de toque. A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia é realizar o exame do toque retal e o PSA anualmente, para homens acima de 50 anos de idade ou aos 45 anos de idade, caso tenha fatores de risco elevado para câncer de próstata”, garante Borgo.

Quando aborda o tratamento do câncer de próstata, há opções como o de seguir com o protocolo chamado vigilância ativa, ou radioterapia, ou a cirurgia, trazendo técnicas que já evoluíram bastante, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, que esclarece que, tudo vai depender do caso de cada paciente.

E para chamar a atenção do homem para tudo isso, a Campanha Novembro Azul é o nome dado ao movimento internacional criado para a conscientização do câncer de próstata e alertar os homens da importância do diagnóstico precoce. “Os exames não previnem, eles dão o diagnóstico mais cedo. Por isso, são ainda mais importantes. Quem tem histórico familiar, ou são afrodescendentes, têm um risco maior de ter o câncer de próstata. Para esse grupo, recomendamos fazer o toque retal e o exame PSA total anualmente, a partir dos 45 anos. No mais, manter uma rotina de saúde saudável, evitando bebida alcóolica, praticando atividade física e controlando a alimentação”, explica o secretário Municipal de Saúde, Juliano Bettim.

» “Os exames não previnem, eles dão o diagnóstico mais cedo. Por isso, são ainda mais importantes. Quem tem histórico familiar, ou são afrodescendentes, têm um risco maior de ter o câncer de próstata”
Juliano Betim, secretário Municipal de Saúde

O dia que o resultado positivo chegou

O seu Bento Sabadim, 66 anos, relata que sempre foi ao médico para exames periódicos, mas que foi pego de surpresa com o diagnóstico positivo para o câncer de próstata. “Eu fiquei sem chão, triste, me deu um desespero, achei que fosse morrer e não iria dar tempo de nada”, conta.

O aposentado recebeu a notícia de que a doença está em estado avançado. Por conta disso, de acordo com ele, a cirurgia foi descartada pela equipe que o atendeu. “Eu sentia dores ao urinar e o médico que me atendia antes, dizia que estava tudo bem, que era só uma infecção de urina. Por fim, eu não conseguia urinar mais, sentia muita dor, foi quando descobriram o que estava acontecendo comigo”, explica.

O diagnóstico conclusivo chegou, há pouco mais de um ano, através da biópsia. Seu Bento teve que usar sonda e conta que passou por momentos de muitas dores. “Só consegui ficar sem dores após a retirada da sonda, isso têm uns dois meses. Uso fraldas, cerca de oito unidades por dia. Mesmo com tudo isso, agora estou sem as dores, vivo melhor, melhorou muito a minha rotina”, declara.

Quando perguntado se ele ainda sente o desespero que viveu quando descobriu que tinha a doença, ele afirma que não. “Hoje esse medo passou, estou vivendo um dia de cada vez. Sou casado, tenho dois filhos e um neto. Sinto o apoio neles e, assim vou indo”, finaliza.


Dia D da campanha Novembro Azul acontece neste sábado (27)

Está confirmado para este sábado (27), o Dia D da campanha Novembro Azul, com ações a partir das 8h30 na Praça do Imigrante, onde será realizado um Pit Stop Notícia, e em todas as unidades de saúde de Nova Venécia.

As ações nas unidades de saúde preveem consultas médicas e de enfermagem voltadas à saúde do homem, vacinação, testes rápidos de HIV, hepatites B e C e avaliação odontológica com rastreamento de câncer de boca. Já no Pit Stop Notícia, na Praça do Imigrante, haverá orientações, música ao vivo e brindes para os homens, com o objetivo de sensibilizá-los sobre as doenças que mais acometem o público masculino, com ênfase na prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades durante o mês de novembro, dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, em especial voltada na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

A campanha é uma realização da Secretaria Municipal de Saúde, Hospital São Marcos, Rede Notícia, Promel, Laboratório Coser e Lotes CBL e conta com apoio da Rede Ferrari, Cooabriel, Faculdade Multivix, Cerveja Nova Extrela, Farmácia do Trabalhador Capixaba e Almaci Uniformes.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*