Cadeira de banho doada por ex-policial é entregue a veneciano portador de microcefalia

0
2068
» Equipe da Força Tática do 2° Batalhão de Nova Venécia entregou cadeira de banho ao Guilherme

A equipe da Força Tática do 2° Batalhão de Nova Venécia entregou ao Guilherme Lopes Garcia, 18 anos, uma cadeira de rodas de banho especial reclinável, no valor de mais de R$ 2 mil reais. A entrega foi realizada graças à solidariedade do ex-policial, Bruno Vieira da Silva e amigos, que se comoveram com a história do menino, após matéria sobre as necessidades do Guilherme, publicada pelo Jornal A Notícia, em agosto. “Depois que saiu a reportagem, as doações começaram a chegar. Eu só tenho a agradecer a Rede Notícia, por tudo que fizeram por nós. Jamais iria conseguir comprar a cadeira, agora meu filho não vai precisar tomar banho no chão mais”, fala a Cláudia Garcia Lopes, mãe do menino.

Morador do bairro Altoé, Guilherme que é portador de microcefalia cerebral, tomava banho deitado no chão, já que não possui os movimentos do corpo e não tinha a cadeira de banho reclinável. A higiene do menino é feita por sua mãe, “Fiquei muito feliz quando a cadeira chegou, estou emocionada, precisei até tomar remédio, tenho alguns problemas de saúde e a emoção foi tão grande, que passei mal. Foi uma honra também receber a Polícia Militar em minha casa, que surpresa! Obrigada, Bruno, agora meu filho não vai precisar tomar banho no chão”, diz.

Bruno mora nos Estados Unidos, e além da cadeira de rodas, ele e os amigos doaram o material para a reforma do banheiro, já que o local não tem acessibilidade para a cadeira de rodas. O grupo, junto com o Bruno doou mais R$ 850 para ser utilizado como mão de obra. “Trabalhei no Altoé, conheci a Cláudia e a família, são pessoas boas, fiz de coração e com maior prazer”, diz Bruno.

Ainda, a pedido do ex-policial, a Vieira Vidros doou o box, porta e a báscula do banheiro.

» Ex-policial Bruno Vieira da Silva juntou com os amigos e doou cadeira
e reforma do banheiro

Telhado, cozinha e pedreiro

Para completar a felicidade da família do Guilherme, a Papelaria Tagliaferre, junto com Max Coppo, doaram o serviço de pedreiro.
Material de construção para obra de cozinha e tanque foi doado por Izolina Scamparle.

O telhado também foi doado, porém, o doador preferiu não se identificar, assim como outros doadores. Ainda, o Guilherme ganhou roupa de cama de uma veneciana que mora em Londres, e doações de outras pessoas, que fizeram questão de ofertar ao menino, fraldas, mais roupa de cama, produtos de higiene, leite, biscoito e outros alimentos. Também, Guilherme recebeu da solidariedade de muitos venecianos, a doação em dinheiro feita por depósito na conta bancária divulgada na matéria de A Notícia.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*