Busca a valores esquecidos registra mais de 100 milhões de consultas

0
157

Cerca de 100 milhões de consultas, dos valores esquecidos por clientes bancários, ja foram registradas pelo Banco Central.Os valores a serem resgatados através do site do Banco Central podem demorar mais de um mês para serem liberados pelas instituições financeiras. As consultas já estão disponíveis para as pessoas físicas e jurídicas, mas a data do resgate do dinheiro ainda não está definida.

Estima-se que mais de R$ 4 bilhões devem ser devolvidos aos seus donos, que somam cerca de 28 milhões de cidadãos brasileiros e empresas somente nesta primeira fase. A consulta pode ser feita por meio do site: valoresareceber.bcb.gov.br.

Veja o calendário

Para o resgate dos valores esquecidos, foi estipulado um calendário pelo sistema. Vale ressaltar que na consulta, os valores não estão sendo divulgados. Foram definidas datas correspondentes ao ano de nascimento do solicitante:

  • 7 a 11/3 – para nascidos ou empresas abertas antes de 1968;
  • 14 a 18/3 – para nascidos ou empresas abertas entre 1968 e 1983;
  • 21 a 25/3 – para nascidos ou empresas abertas após 1983 .

Além da data, é preciso ficar atento ao horário que o site estipulou para a solicitação do

resgate. Caso não lembre o horário indicado, terá que voltar na repescagem que ocorrerá no sábado.

A repescagem

Ela também seguirá um calendário conforme a data de nascimento do solicitante ou da criação da empresa:

  • 6 de março – para nascidos ou empresas abertas após 1983;
  • 12 de março – para nascidos ou empresas abertas antes de 1968;
  • 19 de março – para nascidos ou empresas abertas entre 1968 e 1983.

Se não conseguir comparecer na data indicada, a solicitação do resgate poderá será feita também no dia 28 de março. O site do BC havia liberado a consulta desses valores ainda no mês de janeiro, mas ele ficou muito sobrecarregado, o que causou uma instabilidade que deixou o site inoperante.

Como fazer a consulta?

Ao entrar no site indicado acima, você informa o seu CPF e a data de nascimento. Em caso de empresas, será necessário informar o CNPJ e a data de criação da mesma. Depois, vai se abrir uma janela onde constará a informação se você tem ou não valores para receber. Em caso positivo, em uma janela verde aparecerá a informação preciosa com a data e horário para a checagem do valor a receber.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*