Atletas do judô de Nova Venécia conquistam medalhas no JEES 2022

0
222

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio das secretarias de Esportes e Educação, segue apoiando os atletas do município durante os Jogos Escolares do Espírito Santo (JEES), 2022.

Na última quinta-feira (16), aconteceu a seletiva na modalidade de judô, em Vitória. Dos oito atletas que disputaram nas categorias infantil e juvenil, cinco foram medalhistas, ficando com o bronze. Eles fazem parte do Projeto Judô Viva, da 2ªCIA/2°BBM – Corpo de Bombeiros de Nova Venécia, onde são treinados pelos militares da corporação.

O subcomandante da 2ª CIA, que treina os alunos, avaliou de forma positiva a participação no JEES. “O resultado geral foi satisfatório pelo tempo que estamos treinando, mas o que mais importou foi o desenvolvimento individual que cada um alcançou, esse desenvolvimento não tem como mensurar, foram testados suas frustrações, medos, ansiedades. Avalio todos como campeões de suas próprias batalhas”, frisou o militar.

Para ele, os jogos escolares têm um papel fundamental no desenvolvimento das crianças e adolescentes, além de promover a integração entre os alunos, desperta também sentimentos de comprometimento, perseverança, autoconhecimento dentre outros tão importantes para se alcançar o sucesso nas mais diversas esferas da sociedade.

Uma comitiva composta por treinadores do Projeto, técnicos da Secretaria Municipal de Educação de Nova Venécia e pais de alunos prestigiaram a competição na capital Vitória.  

Projeto Judô Viva

O projeto social Judô Viva, da Associação de Bombeiros Militares do Espírito Santo (ABMES), em parceria com a 2ªCIA/2ºBBM de Nova Venécia, teve início em 22 de fevereiro de 2020, com o objetivo ensinar valores éticos e cívicos por meio da arte marcial, proporcionando o resgate social.

O público-alvo são crianças e adolescentes, entre 6 a 15 anos de idade, moradores do bairro Altoé, onde o índice de vulnerabilidade é maior. As aulas acontecem duas vezes por semana na sede da 2ª CIA. Os atletas são treinados por militares da própria corporação. Visitas técnicas e palestras socioeducativas também fazem parte da didática do Projeto.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*