André Fagundes lidera corrida sucessória em Nova Venécia

0
1763

Pesquisa realizada pela Brand Pesquisas, liberada, com exclusividade, para A Notícia, indica que se a eleição fosse realizada hoje, o ex-secretário de Saúde do município, André Fagundes (PDT), venceria a eleição em Nova Venécia com 26,5% dos votos (menção estimulada). Em segundo lugar aparecem, tecnicamente empatados (considerando a margem de erro da pesquisa que é de 4,9 pontos percentuais), os candidatos Edson Marquiori (PSB), e Clio Venturim (MDB), com 18,0% e 15,3%, respectivamente.

Na quarta posição aparecem, também empatados tecnicamente, Professora Cláudia (PT), com 7,0%; Antônio Emílio (Cidadania), com 5,0%; e Gleyciaria Begamim (Democratas), com 3,8% dos votos. 17,8% estão indecisos, enquanto 2,3% não responderam e 4,5% afirmaram que não votarão em ninguém, irão anular seus votos ou votarão em branco.

Rejeição Estimulada
A pesquisa do Instituto Brand também avaliou a rejeição dos seis candidatos a prefeito de Nova Venécia.

A maior rejeição é de Gleyciaria Bergamim, com 22%, seguida por Edson Marquiori, com 19%; Professora Cláudia, com 18,5%; Clio Venturim, com 17,3%; Antônio Emílio, com 9,8%; e André Fagundes, com 7,8%.

24,5% dos entrevistados responderam que não rejeitam nenhum candidato, enquanto 12,8% disseram que não sabem ou preferiram não responder e 2,3% afirmaram que rejeitam todos os seis candidatos.

Metodologia
A pesquisa Brand/A Notícia entrevistou, por telefone, 400 eleitores residentes em Nova Venécia maiores de 16 anos, entre os dias 13 e 15 de outubro. A margem de erro estimada é de 4,9% em um intervalo de confiança de 95%. O plano amostral foi elaborado pela estatística Miriam Ignácio de Almeida, profissional com registro no CONRE 6ª Região. A pesquisa encontra-se registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo ES-06078/2020.

Foram entrevistados 48,5% de eleitores do sexo masculino e 51,5% do sexo feminino. Em relação às faixas etárias, 67% da amostra contemplou eleitores com idades entre 25 e 59 anos, enquanto 12% eram jovens dos 16 aos 24 anos e 21% dos entrevistados tinham mais de 60 anos. Em relação ao nível de escolaridade dos entrevistados 65% têm até o ensino médio concluído, enquanto 29% possui ensino superior e/ou pós-graduação na formação. Na distribuição geográfica, por região de moradia, a pesquisa alcançou moradores de praticamente todos os bairros da sede (69% da amostra) e também os residentes na zona rural (31% da amostra).

De acordo com o instituto Brand, a pesquisa telefônica representa em sua amostra o total do eleitorado do município e foi realizada desta forma para evitar o contato pessoal entre pesquisadores e respondentes, respeitando o distanciamento social e os protocolos sanitários definidos pelas autoridades de Saúde. As entrevistas foram aplicadas por entrevistadores treinados para abordagens telefônicas e as ligações feitas para aparelhos celulares, utilizados por aproximadamente 90% da população.

Seguindo a tendência dos principais institutos do país (Paraná Pesquisas, XP/Ipespe, Ibope e DataFolha), durante este período excepcional de pandemia, a Brand vem aplicando entrevistas por telefone para não colocar em risco a saúde de entrevistadores e da população amostral.

Brand Pesquisas
O Instituto tem sede em Vitória e atua no mercado nacional há 14 anos, monitorando eleições gerais e municipais, tendo executado mais de 350 pesquisas de opinião nesse período. A parceria com A Notícia começou nas eleições municipais de 2012.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*