Alunos esperancenses passam para a etapa nacional dos Jogos Escolares

0
188

O esporte de Boa Esperança vem ganhando cada vez mais visibilidade nas competições regional, estadual e nacional.

Na última terça-feira (14), pela primeira vez, o município foi representado nas modalidades de tênis de mesa e taekwondo nos Jogos Escolares do Espírito Santo. Dando um show de talentos, os alunos Kaio Santos (taekwondo) e Gabrielly Moreira (tênis de mesa), se destacaram na competição, garantindo, além do uma boa colocação, uma vaga para futuras disputas que acontecerão fora do estado.

O professor Marlon, que treina e acompanha os atletas nas competições, relatou a passagem em jogos participados pelos alunos esperancenses e aproveitou para deixar uma mensagem, que relembra a importante passagem do professor Alexandre Rocha Neto (in memoriam), pelo município.

“O professor Alexandre, através do seu trabalho no atletismo, deixou um grande legado na escola CEIER e em nosso município, se tornando um marco para o esporte na região, deixado pela sua experiência e força de vontade em buscar a evolução de cada aluno em cada modalidade, hoje estamos colhendo os frutos desse empenho prestado por ele nessa vida”, lembrou o professor Marlon.

Professor Alexandre Rocha Neto junto aos alunos medalhistas do JEES 2017

Os atletas do município, representados pelo time infantil masculino do CEIER, jogaram a primeira etapa, e foram campeões. Esse mesmo time handebol masculino infantil do CEIER, foi a Guarapari e ficou em 4º lugar no Estado.

Na etapa regional, também participaram o time de futsal masculino e futsal feminino. Além do handebol juvenil masculino, que foi o campeão e vai representar Boa Esperança nas finais em Guarapari, na próxima segunda-feira (20).

Nos jogos individuais, a aluna e atleta esperancense, Gabrielly Moreira, conquistou o 2º lugar no tênis de mesa.

Kauã Carvalho, que é referência nacional na modalidade de lançamento de dardo, disputará, no próximo sábado (18), contra os finalistas da modalidade.

Pedro Peruggia, que também se tornou referência no lançamento de pelota, e Darlan Gadeia, no salto em distância, disputarão no SESC, de Aracruz, e vão competir, também, na UFES.

Na modalidade do taekwondo, o aluno esperancense, Kaio Santos de Jesus, 11 anos, que competiu na categoria cadete até 37 quilos, se classificou para a final, enfrentando um atleta da equipe Farina, de Linhares. Kaio ganhou com um resultado de 31 a 16, se classificando para a etapa nacional.

Na mesma modalidade, Emilly Rosangela Tenório da Silva, 12 anos, e Gabriel Corradi Almeida, 13 anos, também chegaram até a final do JEES, mas não conseguiram a vitória.

O professor de taekwondo, Thiago Alves, fez questão de relembrar, como forma de exemplo e reflexão, o início da modalidade em Boa Esperança, que em pouco mais de quatro anos, já possuí atletas empenhados em grandes competições.

“Eu iniciei minhas aulas, em um gramado no interior de Boa Esperança. Fui desmotivado, ironizado, e as pessoas acabavam fazendo chacota quando viam a persistência que eu tinha em querer trazer o esporte pra cá. Tudo isso pelo rotulo do taekwondo ser esporte de cidade grande, de gente rica, pois os materiais são caros; eles queriam dizer que o taekwondo não era pra uma cidade pequena como a nossa. Mas isso não me desmotivou, hoje, 4 anos depois, temos quase 60 alunos na modalidade, alguns deles já estão participando de campeonatos estaduais, como o JEES, caminhando para a etapa nacional. Como eu falo com meus alunos: Dificuldades sempre vão existir, mas o importante é começar, é não ter medo, é tentar e persistir. Te garanto que uma hora você vai conseguir”, finalizou Thiago.

Lembrando que os campeões garantem vaga, em setembro, para disputar em Aracaju, Sergipe.

A Prefeitura de Boa Esperança apoia diretamente, através da SECULT, os atletas do município, afim de valorizar e incentivar o desenvolvimento esportivo municipal, levando em conta uma melhor qualidade de vida.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*